Blush-se: Amizade Preta & Branca - Parte 6

17 de mai de 2015

Amizade Preta & Branca - Parte 6


Jake coçou a nuca.
- O que quer fazer?
- Não sei...
Digo com o pensamento longe, observando os quadros e fotografias que ficavam na parede.
- Eu vou arrumar sua cama.
- Ok.
Segundos depois voltando a realidade o sigo, a casa era enorme, e térrea, tinham apenas dois degraus para subir ao corredor dos quartos.
Fazia realmente muito tempo que não colocava os pés nessa casa, e tirei prova disso quando vi a porta de Jake que antes eram adesivos, coloridos e figurinhas do Pokémon, enquanto hoje ela perdeu toda sua cor resumida a adesivos de skates e bandas de rock.
Ele abriu a porta e ao colocar os pés no meu quarto percebi que a porta era apenas o começo, seus móveis coloridos e rabiscados com minhas caricaturas foram trocados por enormes guarda-roupas e uma escrivaninha com seu iMac, sua cama agora era de casal, e as paredes amarelas eram uma semelhante cor de gelo.
Nas paredes tinham alguns discos de vinil, Pink Floyd, Elvis, Guns, The Beatles, realmente mudamos heim... Olhava tudo maravilhada e quando coloquei meus olhos novamente na cama de casal corei.
- Ahm... J-Jake, onde eu vou dormir mesmo?
- Na minha cama. - sua voz era distante vinda de seu banheiro.
- Ah tá, e você?
Escuto uma gargalhada e ele sai do banheiro.
- Relaxa, eu vou dormir na sala.
- Na sala? Olha, eu já estou aqui, tirar você da sua cama já é demais!
- Então duas opções, ou é você comigo, ou você sozinha.
- Eu acho, que adorei a ideia de dormir na cama sozinha obrigada.
Jake ri e vai até seu guarda-roupa preto, pregando algumas peças de roupa em seguida ele joga na minha cara.
- Vê se serve.
Pego as roupas confusa e vou para o banheiro fechando a porta, tiro minha camiseta e coloco a que ele me deu, uma branca bem simples escrito The Beatles, a camiseta ficava praticamente uma camisola para mim, ri de minha própria imagem e coloquei a calça que ficava enorme, mas apesar de tudo era confortável e tinha o cheiro dele.
Sorri e sai do banheiro já esperando sua reação. Jake estava de costas e ao me ver cai na gargalhada.
- Conseguiu ficar menor ainda!
- Engraçadinho.
***
Estávamos sentados no sofá, e depois de jogarmos pedra, papel, tesoura eu coloquei em The Vampire Diaries, comíamos pipoca.
- Não entendo porque Elena não quer ser vampira! - ele joga pipoca em sua boca.
- Não é uma coisa boa - explico sem tirar os olhos da televisão.
- Todo mundo quer matar ela, então sim, é uma coisa boa!
Reviro os olhos.
- Você é grosseiro demais para entender.
Ficamos em silêncio, e isso rendeu alguns minutos quando percebi que estava exatamente colada ao corpo de Jake, minhas bochechas esquentaram e eu fui lentamente me afastando sem tirar os olhos da tv.
- Não... - ele resmunga e passando a mão envolta da minha cintura ele me puxa novamente para o seu lado- É que você está quentinha.
Rio e balanço a cabeça.
- Aé, sou uma garota que pega fogo! - debocho.
Ele ri e joga pipoca em meu rosto com um sorriso lago e quase hipnotizada o fito descaradamente.

Para acompanhar:
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário