Blush-se: HANDMADE: por que comprar? // SEMANA DE MODA CONSCIENTE

7 de out de 2015

HANDMADE: por que comprar? // SEMANA DE MODA CONSCIENTE


Minha pergunta depois de entender esse louco mundo têxtil foi: e agora? como eu faço pra ajudar a melhorar essa situação? E foi assim que começou a minha jornada a atras de lojas de produção artesanal e como principal ideologia o consumo consciente, e olha, de verdade, não foi nada difícil achar centenas de lojas que têm essa harmonia do produtor com o produto e com o consumidor. E quanto mais eu achava mais eu me apaixonava por todo esse universo onde o que esta em jogo não é unicamente o faturar em si, mas sim oferecer outro tipo de produto que alem de maravilhosos não prejudicam quem os produz, nem os animais e muito menos a natureza. 

Handmade é o nome dessa produção onde os produtos são feitos artesalnamente, onde existe uma relação bem mais próxima entre o produto e o produtos e onde, não necessariamente mas que em geral, os produtos não são feitos em larga escala. Tive o privilegio de conversar com a dona de uma loja com esse tipo de produção (fica de olho que essa matéria sai amanha!) e fiquei mais encantada ainda com o pensamento dessas marcas onde cada detalhe é pensado visando o melhor aproveitamento dos materiais e o preço justo. 

O mais legal de comprar desse tipo de loja não é só ter um produto praticamente exclusivo mas sim saber que aquela compra é um incentivo enorme pra marca, um investimento a longa escala que mostra que aquela iniciativa vale a pena, sabe? 

É provável que vocês tenham conhecido a iniciativa que o SEBRAE teve esse segunda-feira (5) que tinha como objetivo incentivar as pessoas a comprarem do pequeno negocio, nessa campanha alem de  apresentar as lojas todas elas estão com uma promoção pra incentivar a compra com as marcas. Eu, pessoalmente, fiquei muito feliz com tal projeto porque as vezes acabamos não comprando de marcas muito legais porque ainda não as conhecemos e isso deu uma visibilidade e tanto! 

Sintetizando, quando voce compra dessas marcas voce incentiva esse tipo de comercio, sai do ciclo de consumo de grandes marcas, que muitas das vezes possuem uma produção abusiva e entra no ciclo que valoriza quem pensa diferente, de quem cria visando a evolução e mudança da sociedade, e de quem produz sem prejudicar ao outro, seja esse "outro" a natureza, as pessoas, ou os animais. 

#compredopequeno


// 




[amanha sai a entrevista com a loja Maria Tangerina onde falamos sobre a marca, a sua origem e ideologias, sobre a importância do comercio consciente e sobre um evento que reune varias marcas com produção handmade e que vai rolar no final desse mês & sexta sai uma lista de lojas com a pegada consciente, não vai perder!]


Um comentário:

  1. Ta muito bom o post! Realmente devemos valorizar as empresas que fazem o produto de forma artesanal e ainda com incentivo ao produtor. Não devemos sair por aí comprando sem se importar se aquele produto foi fruto de trabalho escravo.

    www.formaexpressa.com

    ResponderExcluir